O amor nasce com o olhar. Dos olhos passa para o coração que enxerga muito mais. Quando você vê, a paixão virou amor: uma confusão de sinais, impulsos e palavras. Às vezes você não vê mais nada – é quando dizem que o amor é cego. Mais que isso: que o amor é BÁSICO!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Amor Feito Poesia

AMOR
É um conceito divino
É dimensão sem medida
É viagem sem destino
É melodia da vida...
AMOR
É um caminho sem fim
É não ter que perdoar
É não querer e dizer sim
É dar tudo o que há p'ra dar !…
AMOR
É voz da razão que cala
É ter dôr e não sentir
É o silêncio que fala
É ver o mundo sorrir...
AMOR
É sopro de nostalgia
É canção leve e suave
É das trevas fazer dia
É saber de quem não sabe.
AMOR
É bem mais que sentimento.
É sussurro de magia
É da alma o alimento...

Um comentário:

  1. O blog está lindo Cris, parabéns!! ótimas postagens!!!

    bjokas!!!!

    ResponderExcluir